quinta-feira, 4 de maio de 2017

COMO EU ATRAVESSEI A ÁFRICA (SERPA PINTO)


Desafiado por um amigo, ele também ligado à Banda Desenhada, propus-me passar a esta via um pequeno trecho da obra do explorador português, de seu nome Serpa Pinto.
Eu também estive em África (Moçambique), de onde vim em meados dos anos 60 e todo o espírito da terra e das gentes, empolga-me.
Julgo que desenhei estas quatro pranchas num só dia e remeti-lhas, não me lembrando para que efeito era o pedido (nem isso interessa), nem se estou a quebrar algum sigilo sobre a matéria.
A obra "Como Eu Atravessei a África" é enorme e tem passagens alucinantes, que o saudoso Fernando Bento desenhou com o seu habitual primor. Talvez pela grandeza da obra e pela grandeza da versão do Bento, eu me acanhe sobre este trabalho, de que fiz apenas esta passagem... de passagem.



Sem comentários:

Enviar um comentário